terça-feira, 2 de abril de 2013

Viajando para Parma

                                                           
Estando ainda em Levanto, fomos conhecer Parma, a cidade do Parmigiano e do Presunto Crudo de Parma.        
Parma é uma das cidades mais bonitas da Itália, destino de turismo cultural e gastronômico, famosa pelos seus monumentos, seus castelos, sua arte, culinária e ópera lírica. Cidade natal de Parmigianino, de Gian Battista Bodoni, de Giuseppe Verde e Arturo Toscanini e,  já no século XX , de Giovannino Guareschi ((autor de Don Camillo), e de Aittlio Bertolucci (poeta).

Parma, cidade de origem romana, com extraordinários monumentos românicos, seu maior período de esplendor foi vivido durante o Ducato de Parma, Piacenza e Guastalla. De início com os Farnese, mais tarde com os Borbone, e por fim durante o reinado de Maria Luigia da Austria (mulher de Napoleão), muito amada pelos parmesaos.
A cidade se desenvolveu em torno do antigo, Piazza Grande, Piazza Garibaldi. É uma cidade muito elegante, aberta e hospitaleira. Fundada em 183 aC. 
Entre as testemunhas do passado estão a Catedral Românica, o Batistério, em cor rosa, o imponente Palazzo Pillota e o neoclássico Teatro Régio.   
13 de abril 2012                                                                                            

             Paisagens maravilhosas até chegar em Parma.
Os apeninos
                                      A viagem de Levanto a Parma foi muito agradável, estradas excelentes !!!
Os Apeninos de Parma começa no sul de Emilia via para alcançar o terreno elevado da cordilheira na fronteira com a Ligúria e Toscana. Os vales são aqueles da, Ceno Taro e Parma, resultante da ação de corrosão dos três canais respectivos. As maravilhas cênicas, natureza intocada, o ar claro, experiências encantadoras. Não só o relaxamento mais completo do Apeninos bonito, mas mountain bike, passeios a cavalo, caminhadas e explorar as aldeias dos monumentos mais antigos ou para conquistar os picos mais altos.


 Duomo de Parma.
Há vários lugares para conhecer, não pode deixar de conhecer o Duomo, o qual estava em restauração quando estivemos lá.

Batistério de Parma em cor rosa
O Batistério, mármore rosa, foi feita pelo escultor e arquiteto italiano Benedetto Antelami (1150-1230).
Parma fica na região de Emilia-Romagnia, tem uma arquitetura medieval, belas florestas circundam a cidade. Tem uma importância política, por causa da posição central, entre o Vale do Pó, Liguria e Toscana.


A magnífica cúpula foi pintada pelo artista Antonio Allegri Correggio , com afrescos magníficos. Eu gosto da paisagem artística observada entre o Duomo e a passagem do Batistério de arquitectura românica gótica.
Piazza  do Duomo.


Parma é uma cidade cheia de graça, onde o ambiente é refinado. Seu centro, é rico em obras de arte, grandes áreas verdes, pequenos e grandes tesouros de diferentes épocas, recebe muitos turistas.
Chegamos em Parma as 10:00 h da manhã. Na parte central foi muito difícil estacionar nosso carro, também não encontramos estacionamento por perto. Falando em estacionamento, uma dica como saber onde você  pode estacionar na rua. Preste sempre atenção nas cores das faixas nas ruas. Quando encontrar faixa azul não estacione, pois só é permitido para os carros oficiais e autorizados. Juntas e paralelas a azul e branca, você pode estacionar, mas existem muito poucas, principalmente na região central. Na cor branca, você pode estacionar sem problemas.
Não é fruta não, são várias espécies de tomates, lindos não acham ?
Pode experimentar um por um, a vontade.
Lindinho !!!!
Na cidade o transito não é muito intenso, tem várias bicicletas circulando.

Piazza Garibaldi


Havia uma reunião de algumas pessoas vestidas com roupas estranhas, não ficamos sabendo do que se tratava.



                           Que legal em toda Europa a gente encontra essa loja maravilhosa !!!!
Em Parma tem muitos restaurantes que servem carne de cavalo, eu queria experimentar, mas não consegui. Como a maioria dos restaurantes que servem essa iguaria se encontram no centro e o tempo da cartão do estacionamento estava se esgotando, não foi possível. E também perdemos muito tempo para estacionar o carro e ficamos com pouco tempo para passear por Parma. Ficou só a vontade de experimentar, enfim, nem sei  ia gostar. Como sempre gosto sempre de experimentar coisas diferentes.
                                Encontramos esse restaurante e café e fizemos uma deliciosa refeição.
Refeições completas
                                                    Lasanha com prociuto crudo di Parma.
E para terminar um delicoso capuccino, com uma carinha alegre
O nome Parma é ligado a tradições culinárias de renome, gosto de boa comida e de qualidade, excelentes produtos como o queijo Parmigiano  Reggiano e o Presunto Parma.
O parmesão é um tipo de queijo italiano, com denominação de origem controlada conhecida como Parmiggiano – Reggiano.
Atualmente grande parte da produçao desse queijo é feita com o leite de vacas da raça frisone. Introduzidas no território por volta do ano 900, mas a vaca mais adaptada à produção dele é aquela vermelha da raça reggiana.




                                        Prociuto Crudo di Parma
Iguaria produzida há 2 mil anos, o legítimo presunto de Parma, (produzido em Parma, como o próprio nome indica), O processo de cura é pelo menos de doze meses, período no qual o presunto fica em ambientes ventilados. O segredo e a magia do sabor, vem dos suínos, criados exclusivamente na Itália, e do tempo de cura, em que o aroma dos bosques da região dá um sabor especial à carne.
Fabricado nas pequenas empresas familiares, com receitas transmitidas pelas gerações italianas há centenas de anos, ultrapassou as fronteiras da Itália, e hoje é conhecido no mundo inteiro, mas isso só aconteceu depois de os distritos industriais terem sido criados, há mais de 50 anos. Dos 9 milhões de presuntos produzidos por ano, 7,5 milhões são consumidos na Itália, e 1,5 milhões são exportados para 40 países.

























































































































































































































































                                                         
 
                                                    

Nenhum comentário:

Postar um comentário