segunda-feira, 6 de março de 2017

O que saber antes de embarcar em um cruzeiro

By Haydee Maria Marques, 06 de março 2017                                 Cruzeiros   Consigli di Viaggio
Eu nunca tive vontade de fazer um cruzeiro. Sempre ouvia minha mãe falar que jamais faria um cruzeiro, ela dizia, ficar fechada dentro de um navio, nem pensar. Ouvindo isso a maior parte da minha vida acabei sendo influenciada. 
Mas um dia ficamos sabendo sobre as travessias que os navios fazem, quando vêm ao Brasil e quando voltam a seus países. Nessa época, depois da temporada no Brasil os navios voltavam aos seus países de origem quase vazios. Poucas pessoas sabiam dessas travessias e não sabiam o quanto era barato fazer uma travessia em um cruzeiro, principalmente para quem comprava com bastante antecedência.
O primeiro passageiro pagava o valor total e o segundo só pagava as taxas. Naquele momento estava compensando, pelo valor do dólar. Me lembro que pagamos uma bagatela de 5.800,00 reais para nós dois. 


Nosso primeiro cruzeiro foi em 2012, no navio Orchestra da MSC, a travessia foi do Brasil até Livorno na Itália,  foram 18 dias no total, sendo 5 dias só vendo o mar. Passamos por belas cidades!
A experiêcia foi maravilhosa!
Pela cabine externa com varanda que era super confortável, pela comida, pelas atrações, pelos shows no teatro, pelo roteiro perfeito, enfim por tudo que aproveitamos e conhecemos.
Depois dessa experiência não paramos mais, já fizemos seis cruzeiros e estamos programando outro para maio deste ano. Surpresa......vais ser espetacular!!

Os navios são verdadeiras cidades flutuantes. Viajar em um navio de cruzeiro é uma experiência única. Dependendo do navio os hóspedes se sentem em um hotel de luxo.
Certamente, o que não falta é motivo para escolher um dos navios e embarcar em uma viagem inesquecível.
Ao contrário das viagens de ônibus, carro e até de avião, um cruzeiro marítimo te trás dias de tranquilidade e descanso.


         Bem-vindos a Bordo Marinheiros de Primeira Viagem
Como sua casa por alguns dias vai ser flutuante você tem que saber de algumas informações antes de comprar e embarcar. 
Recebemos muitas perguntas de nossos seguidores no blog, vamos colocar aqui as mais importantes.
Descubra agora quais os documentos você deve ter em mãos para entrar no navio, o que levar na bagagem, o horário de chegar ao terminal, com evitar enjoos e outros procedimentos que ajudam aos marinheiros de primeira viagem. Vamos por partes.

Como comprar um cruzeiro
Você pode comprar um cruzeiro através de Agências de Viagens ou diretamente nos sites das companhias de cruzeiros. 

Evite
Evite cruzeiros para a Europa e Estados Unidos no mês de agosto, época das férias dos locais, os preços são mais caros e ficam lotados.

Não faça um cruzeiro pelo Caribe em época de furacões. A época de furacões vai de junho a novembro.

Como escolher a cabine
A escolha da cabine vai depender de quanto você pode ou quer gastar.
Em um navio há vários tipos de cabines, a interna (não tem janela), a externa sem varanda (com uma escotilha de vidro que não abre, pode ser redonda ou quadrada), externa com varanda, são as mais procuradas e são as primeiras a serem vendidas, Suítes, desde as mais simples as mais luxuosas.Tem também suítes que tem janelas mas não abrem, essas são as suítes mais baratas.
Cabine interna pode ser com cama de casal ou duas de solteiro.
Se você é uma pessoa que não gosta de ficar em lugares fechados como eu, nem pense em escolher essa cabine, mesmo sendo uma das cabines mais baratas.
Cabine externa sem varanda
Nesta pelo menos dá para ver o mar através da escotilha, mas ela não abre. Pode ser com cama de casal ou duas de solteiro.
Esta é a minha preferida, depois das suítes.
Cabine externa com varanda. pode ser com uma cama de casal, ou duas de solteiro. 

Como escolher a localização da cabine ou Suíte
Acho que ai vai da opinião de cada um, mas......
Apesar de hoje os navios terem poderosos estabilizadores que amenizam grandes oscilações, na proa (frente) e na popa (atrás) a gente percebe um pouco mais o balanço.
Sempre quando for escolher a cabine ou a suíte, veja bem se ficam no andar de baixo, andar de cima, ou perto de atrações como: baladas com músicas altas que podem prejudicar seu sono. 

Procure escolher a cabine nem muito perto e nem muito longe dos elevadores. Perto (o barulho das pessoas pode incomodar) e longe (você não precisa caminhar tanto pelos corredores).

Quando for escolher sua cabine ou sua suíte na Agência
Não aceite qualquer cabine ou suíte que te oferecerem. Peça para ver o mapa do navio e assim verá as localizações das mesmas.


         Cuidado tem cabines que são obstruídas por barcos.
Essas cabines ficam nos decks mais baixos. Por isso escolha cabines a partir do 8º deck.  
Também não escolha a cabine no último deck, porque tem um parapeito, que te impedirá de tirar boas fotos, quando você for fotografar da sacada.

Documentos
Para embarcar no navio você terá que apresentar o voucher. 
Se a viagem for pela Costa brasileira, você precisará de um documento original válido em todo o território nacional (passaporte, RG ou CNH). Crianças com até 11 anos podem apresentar (RG, ou Certidão de nascimento). Menores que viajam com apenas um dos pais devem ter uma autorização com firma reconhecida do pai ou da mãe, que não embarcará.
Para países do Mercosul (Passaporte válido ou RG em bom estado, máximo 10 anos de emissão).
Destinos Internacionais ( Passaporte válido, e caso um dos países visitados durante o roteiro exija, visto válido e certificado de vacinação.

Seguro de viagem
Jamais deixar de fazer um seguro de viagem, mesmo que o cruzeiro seja feito pela Costa brasileira. Se o cruzeiro for internacional e você vai continuar viajando depois do cruzeiro, faça seguro para o total de dias que você vai estar fora, começando desde o dia que saiu de casa até o dia do retorno. Nós sempre fazemos o término dos nossos seguros com 3 dias a mais da data de retorno, porque às vezes pode acontecer algum imprevisto.

Check-in
O check-in é encerrado uma hora e meia antes da partida do navio.
No check-in é feito um depósito em dólares (valor mínimo é de US$100) ou apresentar um cartão internacional.
Se você não tiver despesas, o que é muito difícil, a quantia depositada será restituída no final da viagem.
A partir desse momento você vai receber um cartão de identificação, que será seu documento dentro do navio tanto para embarcar quanto para desembarcar, como para o consumo. 
Cuidado para não perder esse cartão. Alguém pode encontrar e gastar em seu nome. Compre na lojinha dentro do navio aquelas fitas para crachá e pendura no pescoço para não perder.

Bagagem
A maioria das empresas não impõem limites, mas sugerem 2 volumes de 20 Kg por pessoa. As mesmas devem estar etiquetadas com etiquetas auto adesivas distribuídas pela armadora ou pela operadora de viagem. Entregará a mala durante o procedimento de embarque. e, depois receberá na porta da sua cabine.
Uma dica, tire tudo da mala, principalmente roupas e coloque no armário. Depois da mala vazia, coloque-a embaixo da cama, assim não tomará espaço.

Produtos proibidos no embarque
É proibido o embarque com utensílios cortantes, armas, entorpecentes, alimentos, bebidas e itens que emitam calor ou produzam chamas. As regras mudam conforme a companhia.

Bagagem de mão
Coloque na bagagem de mão, uma muda de roupa, trajes de banho e artigos de higiene. Assim, não vai ter que esperar sua mala chegar, que pode demorar um pouco. Aproveite para conhecer o navio ou ir na piscina. Coloque sempre seus objetos de valor na bagagem de mão. Nunca tivemos problemas com roubo no navio, mas é sempre bom deixar os objetos de valor dentro da bagagem de mão e fechar com cadeados.

Enjoo
"Os marinheiros de primeira viagem" tem receio de sentirem enjoo e passarem mal por causa do balanço do navio. No entanto, o mal-estar só atinge 3% dos passageiros. Não há motivo para se preocupar. Leve medicamentos que vão aliviar o mal estar. Uma dica, mascar cristais de gengibre é muito bom.
Existe uma técnica como o olhar fixo no horizonte e respirar fundo.
Evite tomar muita bebida de álcool, ela agrava a o mal estar. E também evita acidentes.

Roupas
Depende do perfil do navio, alguns são informais, mas também tem os mais formais. Procure se informar antes de fazer as malas.
Para a noite recomendamos o uso de traje esporte fino. Durante o dia bem informal, principalmente para quem vai fazer excursões. Não é permitido roupas de banho nos restaurantes do navio.

Entretenimento
Você pode participar das atividades do navio como, shows, brincadeira, acesso as piscinas, jacuzzis, festas, academia, etc. A maioria são livres.
Serviço pagos são: Restaurantes opcionais, spa, salão de beleza, consultas médicas, compras, gastos no cassino e outros.

Excursões 
As excursões são vendidas a bordo, e serão cobradas em dólares ou euros, dependendo de onde você tiver fazendo o cruzeiro. Mesmo nos cruzeiros pela costa brasileira as despesas serão cobradas em dólar, porque os navios são internacionais. 
Também existem outras opções e maneiras de fazer os passeios, além dos táxis você pode comprar pacotes com agências locais. Vans também ficam nos portos para levar grupos. Se optar por táxi ou van, combinar antes o preço. Cuidar com o horário do retorno para não perder o embarque. 
Comprar passeios que o navio oferece sai muito mais caro, mas tem a vantagem de que se a empresa atrasar para o embarque dos passageiros, a empresa se responsabilizara.

Pacote de bebidas
Depois que fizemos nosso primeiro cruzeiro percebemos que não vale a pena comprar pacotes de bebidas, claro, a não ser que você goste de beber bastante. Uma dica não compre pacotes de água, pois no restaurante onde está o buffet, tem água e gelo o tempo todo. Fica onde é servido o cafezinho e água quente para tomar chá. Se você tiver uma garrafinha de água pode encher e levar para o quarto. Já é uma economia que você pode usar em outros serviços.

Serviço nas cabines
O serviço de cabines (room service) é gratuito para o café da manhã em alguns navios.
Se você quiser tomar seu café da manhã na cabine é só preencher um menu e deixar antes da uma da manhã e fixá-lo na parte de fora da porta. 
Vem uma relação dos produtos oferecidos no café na cabine, aí você escolhe. Claro não é tão completo como no buffet, mas vale a pena.

Sua cabine é arrumada 3 vezes no dia. Na parte da manhã, tarde e noite. Principalmente quando você toma banho. Os camareiros/as são muito atenciosos. Tem uma luzinha que fica acessa na parte de fora da porta quando você não está na cabine, aí o camareiro/a entra para ver se está tudo em ordem, se tiver bagunçado eles arrumam. Quando você voltar encontrará tudo arrumado.

Jantar do Comandante
Hoje em dia o traje longo para mulheres já não é obrigatório, só os europeus continuam a usar. Um bonito vestido já é o suficiente. E ao menos paletó e gravata (homens).
O jantar do comandante não é mais essa pompa toda. É apenas um coquetel que é servido rapidinho e a gente nem vê o comandante. 
A gente só vê o comandante, quando vai ao teatro, ai eles fecham todas as outras entradas e deixam propositalmente só uma aberta e você obrigatoriamente tem que passar por ela e é ali que ele fica esperando quem passa, para tirar a famosa foto com o comandante, que depois se você quiser levar de lembrança, vai ter que comprar. Alguns lugares, principalmente escadas ficam fechadas nessa noite, você não pode tirar fotos com sua câmera, só eles podem tirar, e você vai ter que comprar, se quiser tirar uma foto toda produzida.

Idioma
Geralmente os navios empregam tripulantes do mundo todo, mas a língua mais usada é o Inglês. Na costa brasileira geralmente tem tripulantes que falam, o espanhol, italiano, português e inglês ( tem que ter no mínimo de 25% que falam português).

Refeições
Na maioria dos pacotes estão incluídas 5 refeições diárias ( café da manhã, almoço, café da tarde, jantar e ceia). Em alguns navios tem a opção de all inclusive (tudo incluído).
Em navios de maior porte, nos restaurante principais os jantares são divididos em 2 turnos. A escolha dos turnos pode ser feita quando for comprar o cruzeiro ou no check-in no dia do embarque, na recepção do navio. Dependendo de suas atividades você pode escolher entre o primeiro e o segundo.
Se você não quer jantar ou almoçar nos restaurantes principais, você pode ir ao restaurante self service, que também estão inclusos.

Teatro
São dois horários de teatro. O primeiro horário é conveniente para quem vai jantar no segundo turno e o segundo horário para quem vai jantar no primeiro turno. Esses horários variam conforme o navio.

Horários
Os navios levam a risca os horários, especialmente na volta para embarcação depois de uma parada em terra firme. Eles não perdoam e não esperam se você se atrasar, por isso cuidado com os horários. O navio parte e te deixa sem dó nem piedade. O passageiro terá que se virar sozinho com traslado e arcar com os custos.

Compras
Dentro dos navios tem pequenos free-shops para fazer compras.
Você também pode fazer compras quando descer em terra firme. 
Se você comprar bebidas você terá que entregar quando embarcar, elas ficarão guardadas e no final do cruzeiros você as receberá de volta. 


Comunicação
As ligações são caríssimas. Internet, a mesma coisa, muito lenta, acaba gastando muito e não consegue aproveitar muita coisa.
Quanto ao telefone procure habilitar o roaming caso o seu cruzeiro for internacional, mas com certeza o celular só vai funcionar se estiver navegando perto da costa ou chegar no Porto.

Gorjeta
É uma coisa que não é explicado aos passageiros na hora da compra do cruzeiro. É adicionado uma taxa de serviço de Hotel diária à sua conta de bordo, que deverá ser paga no check-out.
Geralmente essa taxa acaba gerando polemica, porque nem sempre o passageiro é avisado dessa taxa. 
Essa taxa varia de cruzeiro para cruzeiro. Algumas armadoras (empresa do navio) já incluem no pacote do cruzeiro. Mas fique atento para não ter surpresas.
Não é aconselhável pela armadora dar gorjetas, mas se você achar que foi bem atendido por um determinado tripulante, fique a vontade. 

Check-out
Na noite anterior ao desembarque você irá receber um extrato das despesas efetuadas no navio. Você deverá ir ao local do check-out para fazer seu pagamento. Não esquecer que as suas despesas foram lançadas em dólares e não em reais. Se você optou que o pagamento será pelo cartão de crédito internacional, não precisa se preocupar eles providenciam tudo. Mas antes confira se realmente as tuas despesas estão corretas, acontece às vezes de lançarem alguma coisa indevida. Um conselho, retire periodicamente o extrato para conferir as suas despesas diárias. Se você escolheu fazer o pagamento em dólar, terá que comparecer o mais cedo possível à recepção para receber a diferença entre o consumo e o depósito feito no embarque ou pagar valor excedente.

Se preparando para o desembarque
Você vai receber as etiquetas de identificação para colocar nas malas. As etiquetas serão de várias cores que servirão para representar a ordem de desembarque. Na noite anterior do desembarque você deverá deixar as malas na porta da cabine. Não esqueça de colocar objetos pessoais, roupas e documentos na bagagem de mão. 
Isso pode acontecer, de a pessoa esquecer de deixar uma roupa para trocar no dia seguinte e ter que sair do navio de pijamas ou camisola, imagine a cena. Pensa que isso não acontece? Acontece sim, entre tantos passageiros um sempre esquece.
O desembarque é realizado da seguinte maneira: 
Os primeiros a saírem serão os hóspedes que estão em cabines e suítes dos últimos andares e depois sucessivamente até os mais embaixo.

Dizer qual é o melhor e o pior dos cruzeiros fica difícil. Cada pessoa tem perfis diferentes e cada um deve escolher o cruzeiro que combine com o seu perfil. E para isso tem uma infinidade de cruzeiros, dos mais simples aos mais luxuosos. Pesquisar é muito importante pois lhe dará a possibilidade de escolher o cruzeiro que mais combine com você. Se você é entusiasta das viagens marítimas e não quer ficar a ver navios, é bom se programar rapidinho 
Mas o mais importante é saber que você estará cada dia num lugar diferente.
Que tal acordar com uma vista assim?
Ou assim? 
Depois de termos navegado por toda noite, ao acordamos de manhã o navio já estava atracado, abrimos as cortinas e demos de cara com essa vista maravilhosa! Valletta em Malta.

Se você deseja mais informações sobre cruzeiros pode clicar Aqui e Aqui. Tem muitas respostas das perguntas que nossos seguidores nos fizeram. As perguntas estão no final da postagem.

2 comentários:

  1. Parabéns pelo post. Acabei de voltar de um Cruzeiro Fitness e, ao ler seu post, me vi novamente lá... ADOREI!
    Abraços
    Carolina
    Blog Viajar correndo

    ResponderExcluir
  2. Que bom que você gostou Carolina. Faço tudo para orientar meus seguidores. Obrigada.

    ResponderExcluir