quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Cuzco, Pisac, Vale Sagrado e Machu Picchu

                                     Estrada de Puno a Cusco

Nunca cansamos tanto em uma viagem como esta. Ficamos quase sem comida nenhuma para jantar. Ainda bem que somos prevenidos e levamos nossa mochilinha térmica. Aquilo que eu falei uma excursão tem que ser bem organizada e não improvisada, principalmente quando se rrata de excursão em grupo. Estávamos fartos de comer só biscoitos e bolachas.
Na estrada, não tem restaurante, lanchonete, nada .... E aí o Fernando foi nos levando, levando, até encontrar um lugar para comer. Queríamos era comer alguma coisa salgada. Andamos muito até chegarmos em um pequeno bar na beira da estrada, achamos que iríamos comer descentemente, mas para nossa surpresa só tinha alguns salgadinhos e imaginem só, todos vencidos. Imagina se não tivessemos bolachinhas no ônibus, passaríamos fome.

O frio e o vento estavam tão gelados que não conseguímos ficar lá fora, corremos para dentro do ônibus. Devia estar -5 graus.

                               Juliaca uma cidade confusa na estrada





Voces não vão acreditar .... Vou postar sobre esse lugar porque aconteceu uma coisa muito interessante, que deixou todos perplexos e com medo. Parece um lugarzinho perdido lá no fim do mundo. Foi legal passarmos por la porque, a cidadezinha era um encanto, Parece que não existe em nenhum mapa. Pequenina, solitária e quase ninguén na rua. E os poucos que estavam por lá, Quando nos viram não sabiam o o que fazer.

Pois então quando chegamos na pracinha da cidade, o ônibus não conseguia ir nem para frente, nem para trás. O que aconteceu ??? A estrada acabava ali, não tinha mais estrada. As pessoas da cidade ficaram assustados em ver aquele ônibus tão grande, Não conseguia sair dali. ouvi o motorista dizer, mas tinha uma estrada de asfalto aqui, E  Fernando falou, tinha mesmo. da última vez que passamos por aqui. Ea estrada de asfalto e não tinha mais asfalto. Então como pessoas, informaram que tinhamos que pegar um atalho. O atalho ficava atrás da cidade. Eu tirei umas fotos, registrei tudo, pois não estava acreditando não que estava acontecendo. Realmente fiquei assustada, pois já estava anoitecendo. Mas valeuuuu ...... Pura aventura !!!!! 

O nome da cidadezinha  Pucara, cheguei a pesquisar sobre ela, e descobri que ela tem grande importancia na região. É um complexo arqueológico. Pucará está situada a 61 km Ao norte de Juliaca, al borde, a 3.910 metros de altitude, no sul do Peru.

A historia da cultura Pucará se remonta a 500 a. C., tendo  como principais antecedentes das culturas Qaluyo ao norte y Chiripa ao sul de Titicaca.
Pucará tem um povo tranquilo, com alguns milhares de moradores. Na plaza de Armas está uma bela Igreja colonial, contendo um grande mural da Ñak'aq Jatun, El Gran Degollador (ou decapitador). O Museo lítico de Pukara está localizado à saída da Plaza de Armas, na estrada que leva ao sítio arqueológico. Pequenos restaurantes, uma loja de artesanía está localizada ao largo da Praça.
Também por sua famosa produção de cerâmica, Uma tradição que remonta  menos 2500 ano. O mais famoso dele é as estatuetas de cerâmica dos Touros Pucará ou toritos; Que podem ser encontrados em todo o altiplano, sobre os telhados das casas para trazer sorte e fertilidade.
Essa igreja é muito linda !!! No meio do deserto essa maravilha toda !!!
Cultura pura

Poucas pessoas passavam por ali. Perdidas nesse lugar interessante, que parou no tempo. Deve ser muito interessante passar uns dias nesse lugar para conhecer a cultura desse povo.

Tem até teatro
. Passar uns dias nesse lugar deve ser uma experiencia única.
Olha por onde a gente passou. Nem era  estrada era um carreiro.
A foto não ficou boa, Mas ficou legal
        Linda demais !!!!

Passamos num atalho por trás da cidade
Depois continuando pela estrada que tinha asfalto, Mas acabou, rsrsrsr
Lá na frentes, eis que surgiu o asfalto


Mais um lugar interessante antes de chegar em Cuzco








Cuzco

A cidade de Cuzco nos Andes do Peru, foi fundada, segundo uma lenda, por Manco Capac, o primeiro Imperador da civilização Inca. Ao contrário de muitas capitais antigas, Cuzco era uma capital principalmente, governamental e religiosa, com poucas estruturas residenciais, e era uma capital inca de meados do Século 15, até que foi conquistada pelos espanhóis em 1532. A Estrutura mais interesse arquitectónica na cidade de. Qorikancha (chamado de Intiwasa ou Templo do Sol) foi construido por Manco Capac, mas certamente ele foi construido antes de 1438, que foi ampliado por Pachacuti, que construiu Machu Picchu. No Século XVI, os espanhóis destruíram Qorikancha e construiram Santo Domingo (São Domingos) convento e igreja sobre as ruínas, mas com fundações de basalto lisas, típicas da arquitetura inca, existem ainda.


O que tem para ver de mais interessante em Cuzco, com certeza, são os roteiros arqueológicos, históricos e culturais, Por exemplo uma visita à Machu Picchu, que tem duração de um dia. Mas quem curte agitos e baladas nao vai ficar entediado, Pois a noite de Cusco é bastante animada: pisco sour, cerveja barata, gringos e boates, fazem parte desta cidade cheia de cultura e história.

MONUMENTO INCA



Lindo esse painel !!!


Maravilhoso !!!!

Comprei uma loja.Vou ficar por aqui.

LA Plaza de Armas
Uma imponente e animada Plaza de Armas , ladeada por arcadas e varandas de madeira esculpidas, e emoldurada pela Cordilheira dos Andes, é o ponto focal de Cuzco. Depois de Machu Picchu, é um dos pontos turísticos mais conhecidos no Peru. Relaxar nos seu bancos no centro, e passar pelos pórticos da linha do quadrado com, lojas, restaurantes, agências de viagens, bares. A praça era o dobro do seu tamanho atual, nos dias Inca - tem as duas das igrejas mais importantes de Cuzco.
Catedral de Cuzco, uma das igrejas mais lindas que já conhecemos.

Plaza de Cusco

 Diversos restaurantes na Plazza de Armas

Muitas atracções principais dentro do bairro h.istórico de Cuzco.  Além da cidade estão incluidos no boleto turistico. Mas algumas muito valiosas de interesse, como o templo del Qoricancha (Templo do Sol) e Museu de Arte Precolombino (MAP).     


O boleto turístico , É praticamente essencial para visitar a cidade e arredores. Para conhecer 16 dos mais importantes locais de interesse e em torno de Cuzco, incluíndo alguns dos principais, Vale Sagrado, embora dobrou de preço nos últimos anos, o boleto ainda é e um bom valor, e você não pode entrar em algumas igrejas e museus sem ele. O Bilhete custa S / 130 (42 dólares) para adultos, S / 70 (US $ 22) para estudantes com identificação e crianças, É válido por 10 dias, e está venda no posto de turismo, Aberto de Segunda a sexta-feira das 08:00 às 18:30 e sábados das 08:00 às 14:00 h.

O boleto permite uma admissão para os seguintes locais: Convento y Museo de Santa Catalina, Museu Municipal de Arte Contemporânea, Museu Histórico Regional, Museo de Sitio Qoricancha, Museo de Arte Popular, Centro Qosqo de Arte Nativo Danças Folclóricas, Monumento Pachacuteq, Museo Palacio Municipal, e Ruínas incas de Sacsayhuamán, Q'enko, Pukapukara, Tambomachay, Pikillacta e Tipón, e como atrações Valle Sagrado de Pisac, Ollantaytambo, e. Chinchero.

Próximo à Plaza de Armas, muitos bares e boate. Há o costume de distribuir cortesias e oferecer cerveja de graça! Uma dessas casas noturnas é o Mama África: e bem famosa, fica perto da Plaza de Armas de Cusco e toca vários tipos de músicas. Além dessas agitadas boates frequentadas, em sua maioria, por estrangeiros, Também tem uma opção de se visitar os lugares frequentados pelos habitantes de Cusco.


Cuzco a noite
Festivais Cusco - Cusco explode com alegre celebração como suas raízes indígenas e influências cristãs festivas. Os festivais são lotados. Vale a pena uma planejar sua viagem em torno de uma das festas que se seguem, se for possível. Inti Raymi , a festa do Solstício de inverno (24 de junho, mas com duração de dias antes e depois), É certamente uma atração. É uma erupção de danças folclóricas dos Incas. Figurinos exuberantes e desfiles grandiosos.Também sobre as imponentes ruínas de Sacsayhuaman com vista para a cidade.

Semana Santa, (março, ou abril), é uma expressão emocionante tradicional da fé religiosa, com imponente procissões pelas ruas de Cusco, incluíndo uma grande procissão liderada por el Señor de los Temblores (O Senhor dos terremotos) na segunda-feira.


Fiesta de las Cruces (Festival das Cruzes), Uma festa popular em todo o planalto, marcado comunidades a decorar grandes cruzes que são entregues para nas Igrejas. Crucifixo, vigílias, são realizadas em todos os cumes, que são coroadas por cruzes. Festas, como sempre acompanhados pela dança animada, para dar graças pelas colheitas abundantes.

Início de junho, festival de Corpus Christi, é uma outra ocasião memorável, com desfiles religiosos e coloridos.

O popular festival que imensamente atrai multidões andino de Cusco e toda a região é a Virgen del Carmen, celebrada principalmente na Paucartambo e com apenas um grau um pouco menor de exuberância em Pisac.

Bairro de San Blás - Bairro mais atmosférico e pitoresco de Cusco, é cheio de estudios e artesãos artistas, workshops, é recheado com atrações turisticas - muitos dos melhores bares e restaurantes estao lá. É uma área grande para passear . Muitas ruas são para apenas pedestres - Que você deve ter cuidado com sue pertences, especialmente à noite O bairro oferece algumas das vistas Panoramicas mais espetaculares da cidade.. 

                                                        

                                                               Qorikancha
O Qorikancha (Chamado Intiwasa ou Templo do Sol) foi construido por Manco Capac, mas certamente ele foi construido antes de 1438, e foi ampliado por Pachacuti, que construiu Machu Picchu. No Século XVI, os espanhóis destruíram o Qorikancha e construiu Covento Santo Domingo (São Domingos).Convento e igreja sobre as ruínas, com fundações de basalto lisas, típicas da Arquitetura inca, que existem ainda.
Convento de Santo Domingo.
Lindos os arcos dentro do Convento de Santo Domingos.



Paredes Incas em Qorikancha, Templo do Sol

Templo do Sol


Restaurante em Cuzco
Novamente o Cuy
Cuy (Famoso preá no Brasil)


TAMBOMACHAY
Lugar de descanso dos reis Inca em Cusco

O sítio arqueológico de Tambomachay está localizado a cerca de 8 km a norte da cidade de Cuzco, nas terras altas do sul do Peru. A pedra bem trabalhada, belas fontes, combinam com uma facilidade de acesso para fazer deste local, um dos mais visitadas na área.

Tambomachay é um sítio impressionante de arquitetura fina composta de plataformas, nichos e piletas que continuan funcionando, e pelos seus desaguadouros corre água procedente de um manancial que existe na parte alta. Nos tempos dos incas era um lugar sagrado, destinado ao culto da água, um dos adoratórios que conformavam o sistema de "ceques" de Cusco, conjunto de linhas imaginárias nos lugares sagrados e indicavam o tempo e o lugar das cerimônias.





Como sempre o artesanato no Perú é muito lindo e muito colorido.

Saqsayman

O Saqsaywaman complexo arqueológico tem uma área de 3.000 hectares e está localizado ao norte de Cusco e é Controlado pelo Instituto Cultural Nacional. Ela inclui os seguintes monumentos Arqueológicos

Localizado a 2 km da cidade. Juntamente com a cidade de Cusco, este complexo monumental é considerado o primeiro das sete novas maravilhas do mundo. A enorme construção foi planejada e construida pelo homem andino. Os incas chamavam a Casa do Sol e os Espanhóis chamaram de uma fortaleza devido à sua forma e da Revolução de 1536. A construção, que é constituido por três plataformas um em cima do outro, foi um dos mais importantes complexos religiosos do seu tempo.


O mestiço historiador Garcilaso Vega descreveu em seu livro "Os Comentários Reais" cada detalhe deste lugar sagrado, auas paredes, salas, torres, portas e canais, que despertou grande interesse e admiração dos visitantes e residentes. Os pedregulhos enormes que fazem parte da construção foram colocados juntos perfeitamente sem uso de argamassa. O mais pesado pesa até 125 toneladas. Os arqueólogos estão escavando e descobriram que uma fonte de águas, canais e salas. Em uma área plana. Em 24 de junho locais realizam o Festival do Sol.Saqsaywaman testemunhou importantes acontecimentos históricos.

                               Ruinas muito interessantes.


Carregada demais.







Essa pedra é muito gelada.

Eu tentei experimentar para ver se era gelada

Uma linda vista de Cusco

Lindo !!!!
Nossa guía de Cusco

Jantar confraternização do grupo
Restaurante Don Antonio
Comida fria e péssima, acabamos comendo uma sopa. Restaurante carta marcada da excursão. 
 Não recomendamos esse restaurante. 











HOTEL ECO INN - EM CUZCO

Hotel agradável, confortável e limpo. Pessoas atenciosas.
Indicamos esse hotel..





PISAC
Fizemos um passeio até o Vale Sagrado em Pisac

Vale Sagrado, vista maravilhosa !!!!
Vale Sagrado







Sorte para os donos da casa.










Bebida feita de milho, horrível. Quem experimentou? kkkkkk
Fabrica de jóias em prata.



Plantações Incas.
Belíssima !!!!
Olha só o tamanho dos grãos.
Tocando gaita.
As llamas estão por toda parte.
Interessante.

Delicioso esse milho.
Cavernas.






























































































































































































Nenhum comentário:

Postar um comentário