quinta-feira, 14 de março de 2013

Partiu Genova

Fomos de trem de Levanto até Gênova. Paramos na estação Gênova Brignole, o valor da passagem foi de 6,10 Euros.
O Porto ântico de Gênova foi transformado em um fronte turístico, mas é também onde pessoas vêm aos montes para visitar a Aquário de Gênova. Desenhado pelo arquiteto mais famoso de Gênova, Ranze Piano, se parece com um navio.
Tanque de 4 milhões de litros de água e peixes estão a mostra, com tanques repletos de corais, dúzias de tubarões, golfinhos e muito mais.

Aquário de Gênova
Tanque de 4 milhões de litros de água e peixes estão a mostra, com tanques repletos de corais, dúzias de tubarões, golfinhos e muito mais.
Como será que ela conseguiu fazer isso ?


Fofinho

                                                                                                Perfeita !!!!

                                                                    Várias espécies de peixes dentro desses tanques.


                                                                Essa minha foto ficou maravilhosa !!!!

 Foi uma pena que estiva chovendo em Gênova, não pudemos fazer quase nada. Pegamos o ônibus de turismo de turismo e demos uma volta pela cidade.


                                                                                          Piazza de Ferrari
 Bem vindo à cidade de marinheiros, república marítima e berço de Cristóvão Colombo. No decorrer de sua longa história, Gênova foi a "porta" do mediterrâneo do império Romano e ainda é um dos principais portos da Europa e um do do centro histórico da cidade com um dos mais bem preservados do velho continente.
Diga às pessoas que você passará parte de suas férias na Itália em Gênova e provavelmente você receberá um incrédulo "Por que?". Até poucos anos atrás, Gênova estava longe de ser glamourosa, era apenas um local de passagem para destinos mais fabulosos como Cinque Terre. 
                                                           Olha só será que é de algum brasileiro?

Uma visita ao Galeão Netuno, que na realidade trata-se de uma réplica construída entre 1984 e 1985 para "Piratas", filme de Roman Polanski. Foi muito caro na época (8 milhões de dólares) para um filme que não caiu nas graças do público. Foi feito em estaleiros da Tunísia sem pretensões de realismo, pois suas medidas são bem maiores do que os galeões da época que se desenvolve o tema, 1680.

                                                                        Porta Soprana

                                      A nossa volta a Levanto foi num trem super comodo.

















































Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search