segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Carambeí: A Pequena Holanda no Paraná


Carambeí, uma pequena e charmosa cidade que fica no interior do Paraná, nos Campos Gerais, a aproximadamente 140 km de Curitiba.
A cidade abriga o maior museu a céu aberto do Brasil, que foi inaugurado em 2011, tornando-se o principal atrativo turístico da região.

Esse Museu a céu aberto fica dentro do Parque Histórico de Carambeí, é um memorial da imigração holandesa, idealizado por imigrantes para difundir e preservar a cultura e história de seus descendentes, oferecendo uma extraordinária experiência educativa aos seus visitantes.

Logo que chegamos fomos almoçar no Restaurante e confeitaria Koffiehuis, no qual é mantido a culinária holandesa. Nos finais de semana são servidos pratos típicos. Entre uma delícia e outra saboreamos a comida típica holandesa e.Indonésia. Como assim Indonésia? Sim da Indonésia.

A cozinha holandesa tem forte influência da Indonésia por causa de ter sido colônia da Holanda por mais de quatro séculos. As ervas, especiarias e molhos picantes, foram incorporados a culinária holandesa. Por isso essa influência na culinária local. Convidando assim, a fazer uma viajem através dos sabores.
                                 
 Um casal com seus trajes típicos holandeses nos recepcionaram na entrada do restaurante.

Frango Assado com mel e especiarias.
Molho de Amendoim
Poffertjes é um doce típico holandês. São panquequinhas cobertas com canela e açúcar de confeiteiro.
A delicadeza dos detalhes dessa pequena janela me chamou a atenção. E foi rapidamente clicada.
As janelas nas cidades da Holanda sempre estão enfeitadas com delicadas rendas e pequenos vasinhos. 
Quando estivemos em Marken e Volendam, ficamos sabendo que eles tem o prazer em enfeitar para que os turistas as admirem.

Como nada passa despercebido, dar uma olhadinha na lojinha não paga nada. Mas se levar tem que pagar. Comprei algumas lembrancinhas para trazer de recordação.

Na lojinha do parque você vai encontrar porcelanas típicas holandesas e outros artesanatos.
Amei esses imãs!!
Entre as  lembrancinhas que comprei, está uma corujinha holandesa para minha coleção. Tenho 180 corujinhas de vários países.

Parque Histórico de Carambeí

Esse parque foi construído para contar a história dos imigrantes holandeses estabelecidos em Carambeí. 
A história pode ser conferida através de documentos, fotos, diários, correspondências e objetos pessoais.
A conservação dos bens estão presentes na constante preocupação de uma manutenção e repasse de costumes, como a religião, os rituais, a língua e a culinária.
Dentro do parque os monitores orientaram essa prazerosa viagem ao tempo pela história dos imigrantes holandeses que constituíram a cooperativa em Carambeí.


Aqui começa o parque. 
Depois do restaurante, seguindo em frente tem uma bilheteria para a compra do ingresso.

A visita remete ao cotidiano e cultura das famílias holandesas, começamos pela parte externa passando por uma ponte pênsil vinda da Holanda, a ponte foi produzida na Holanda. Ao passarmos por ela tivemos a sensação de que íamos nos encantar com o que veríamos a seguir.

Já começam a aparecer as pequenas casinhas que contêm toda a história dos imigrantes. Os aspectos do cotidiano, do trabalho, da religião são apresentados através de reprodução dos espaços coletivos e individuais destas comunidades.

As malas estão envelhecidas pelo tempo e guardam valiosas histórias desse povo.
A estação ferroviária foi uma questão significativa para os imigrantes, aqui desembarcavam os imigrantes vindos de São Paulo e Rio de Janeiro, e aqui partiam alguns de volta.


Maquete da Colônia de Carambeí, na Casa da Memória.
Utensílios domésticos, ferramentas de trabalho, móveis, vestimentas, fotografias e documentos são algumas das relíquias que lembram fatos e momentos históricos.
Os imigrantes eram urbanizados e tiveram dificuldades com a vida no campo.

Reportando ao passado podemos imaginar como era estar num ambiente assim, quantas conversas compartilhadas, quantas manhãs juntos com a família para o café da manhã.
Os fornos onde assavam os pães e carnes.

A Igreja

A igreja tinha raízes protestantes da religiosidade holandesa. A fé foi o ponto principal para a união da comunidade para enfrentar as dificuldades nas terras brasileiras. Como vieram de uma tradição protestante, tiveram que encontrar planos para manter seus cultos em um país onde o catolicismo predominava. 


É impossível não se emocionar ao ver como foi montada essa vila, cada casa tem um cenário. Em feriados e dias festivos a vila ganha vida com pessoas vestidas com roupas antigas, falando holandês, e retratam o cotidiano dos imigrantes na Colonia Carambehy.
Vivenciar  a história da comunidade é uma experiência extraordinária.
Casa de Laticínios
O Tamanco de madeira é simbolo da cultura holandesa, tem relação com a prática da produção leiteira, além de servir como isolante térmico no rigoroso inverno europeu era também uma proteção para possíveis pisoteadas durante a ordenha.

Estes calçados, como ícones da cultura holandesa, aparecem nos costumes como a prática em que jovens homens holandeses presenteiam suas noivas com um par de tamancos esculpidos em madeira.


O Parque das Águas

Ao chegarmos no Parque da Águas, as lembranças da Holanda surgiram, era como se estivéssemos naquele momento na cidade de Marken, uma pequena cidade de pescadores na Holanda. As casas iguais, mesmo tom de verde, pequenas pontes, flores, as janelas com as cortinas de renda e singelos vasos de flores.
O Parque das águas é uma miniatura das pequenas cidades da Holanda.
No Ons Hoekje você poderá degustar a  da gastronomia, onde são servidas porções e quitutes étnicos.

Um pouco da história


O que garantiu a implantação da colônia holandesa no Brasil foi, sem dúvida, o gado leiteiro.

A colônia de Carambeí começou co 52 holandeses, representadas pelas familias: Verschoor, Vriesmann, De Geus, Voorsluys, Harmas e Los.

Em 1918, o português Carlos Ventura estabeleceu-se como capataz na fazenda do francês Capelle, mais tarde tornou-se proprietário da maior parte desta propriedade. Em julho de 1925 surgiu a Sociedade Cooperativa Holandesa de Laticínios, sendo que a marca Batavo vem desde 1928. O município de Carambeí foi criado em 13 de dezembro de 1995, na sede do antigo Distrito de Carambeí, com território desmenbrado dos municípios de Castro e Ponta Grossa.

É muito importante conhecer a história de um povo - nos enriquece.


O Natal no Parque Histórico de Carambeí

Queremos destacar aqui, também um importante evento que acontece nos dias que antecedem o natal.
Consolidado como a maior evento Natalino de região dos Campos Gerais do Paranáo Natal no Parque em sua sétima edição terá como tema Natal em Família, que acontecerá entre os dias 3 e 23 de dezembro.

A noite o parque se transforma, as luzes se acendem, a orquestra começa a tocar, o Papai Noel dá o ar da graça, histórias, cantatas e uma feira gastronômica cheia de guloseimas - um show que encanta a todos.
Fonte do site http://www.aphc.com.br/


Como chegar ao Parque Histórico de Carambeí

De carro:  De Curitiba até Carambeí são menos de 150 km, por uma estrada duplicada - o percurso não chega a 2 horas, o que permite que seja feito um bate e volta no mesmo dia.
De ônibus: Saindo de Curitiba, indo até Ponta Grossa e de lá seguir em outro ônibus para Carambeí.
Se quiser mais informações de como chegar Clica aqui.


Frederica´s Cafeteria e Delicatessem

"A tradição de adoçar nosso momentos"
Se estiver passando por Carambeí, ou após o passeio no Parque Histórico, Frederica's será uma parada obrigatória para saborear seus quitutes.
A diversidade no cardápio é impressionante, você pode degustar de uma variedade de tortas e salgados com receitas da Holanda.
O quiches de cogumelos, hummmm.....delicioso!!!
O local é uma graça, super agradável, equipe educada, gentil e eficiente. 
Quase enlouqueci diante do cardápio, as opções eram muitas, foi difícil escolher a melhor opção. Quem sabe ficando uma semana lá a gente consiga experimentar todas, rsrrsr.
Para acompanhar é servido também o chopp exclusive do Bart's Bier


O local é uma graça e agradável. A equipe educada, gentil e eficiente. 
Para finalizar, um final de tarde agradável no Frederica's

Local de fácil acesso e com estacionamento.
Mais informações sobre o Frederica's Clique aqui


A Rota das Tortas

O lançamento oficial da Rota das Tortas edição 2017 que acontecerá de 27 a 29 de outubro aconteceu no 2º Salão de Turismo do Campos Gerais no dia 26 de agosto, no qual estivemos presentes.

Fazem parte da Rota das Tortas as confeitarias:
Frederica's Koffiehuis, Tortas Wolf, Aroma Café, Clube Social e Parque Histórico.

Durante esse evento esses locais oferecerão cardápios de tortas e outros atrativos como músicas ao vivo, e apresentações culturais.


Neste Natal leve sua família para participar do maior evento de Natal dos Campos Gerais.

O passeio em Carambeí foi a convite da Prefeitura de Ponta Grossa e de Carambeí em uma Press Trip.
Nossos agradecimentos









2 comentários:

  1. Linda a cidadezinha, um pouquinho da Europa no nosso país!!! Obrigada !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Simone, o lugar é perfeito para um passeio de final de semana.

      Excluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search