quarta-feira, 18 de julho de 2012

Msc Orchestra - Travessia Atlântica Brasil/Itália - Parte 3


Amanhecendo em Tenerife nas Ilha Canárias - Espanha 


30 de março - Acordamos ás  05:30 da manhã, olhamos pela janela achando que tínhamos chegado em Tenerife, que nada, só tinha mar para todos os lados. Às 06:45 ao abrir as janelas, lá estava ela, a cidade de Tenerife. Depois de 5 dias de navegação aqui estamos.
Chegamos, curiosidades mil ... Como será essa cidade? Um lugar tão diferente de tudo que conhecemos.
A distância da Costa da África, Tenerife é uma ilha do Arquipélago Maior. O nome da ilha significa literalmente branco (ife) e montanha (Tene). 
O vulcão é o pico mais elevado da região. Do clima quente e das praias, tal como galerias de arte e museus, Tenerife tem uma grande variedade de atrações, que mostram a cultura espanhola, que la tem prevalecido desde o final de 1400.                                                 
Nosso Navio
Passeio de ônibus comprado no navio "Sabores de Tenerife".
Duração: 5 horas 
Valor: 45 dólares p/p 

Playa de Las Teresitas

Passamos por vários lugares como Playa de LasTeresitas, a mais badalada, com jeito exótico, me deu um impressão de estarmos na Turquia, sei lá ... principalmente por causa das Palmeiras Reais. A areia é escura, achei feia, porém diferente.

Mantém toda a sua beleza, com um extenso areal dourado Orlado por palmeiras. Encontra-se como Montanhas de Anagas, que protegem uma baía dos Ventos Marítimos.

Cemitério mais antigo



Montanhas de Anaga

A magnífica região mantém-se relativamente virgem e inexplorada, e com pequenas aldeias, longe das estradas principais, revelam o lado mais "secreto" de Tenerife.

Taganana

Uma parada para um lanchinho
Uma pequena degustação com produtos da região.
A vista é encantadora!

Playa de Las Bodegas

Passamos também em Roque de las Bodegas. Um pouco parecida com Fernando de Noronha.

Amigos de viagem.

Mirador Pico del Inglés





Laguna

Subimos morro, descemos morro, uma vista mais linda que a outra, com montanhas com seus picos diferentes, pois é uma ilha de origem vulcânica. A ilha é dividida, parte sul, muito seca, e a parte norte, verde e úmida.
Depois descemos até La Laguna, chegamos em um mercado, onde tomamos um cafezinho e vimos muitas coisas diferentes relacionado a comida.


Pelas vielas históricas.

Lojas com produtos de artesanato interessantes


Mercado Municipal de La Laguna 

Tomates secos
Tâmara para nós, dátiles para eles. Fruta de Israel.

Santuário del Santíssimo Cristo de La Laguna




A cidade de Tenerife é uma cidade muito agradável, pena que não tivemos muito tempo para conhecê-la melhor. Voltamos ao navio com gostinho de quero mais. A guia que nos acompanhou era antipática e mal educada, o tempo todo ficava pedindo silêncio, sem que ninguém estivesse falando.
Últimas imagens de Tenerife
Partindo de Tenerife
Vista maravilhosa !!!!!

A comida de hoje no navio não estava legal.  Somente uma posta de bacalhau (noite espanhola) que estava deliciosa !!!. A noite, eu não estava legal, durante o show teatro não me senti bem, estava com náuseas, que ruim ... O navio balançou mais do que os outros dias, Tomei remédio e melhorei um pouco. Amanhã chegaremos a Ilha da Madeira. Até lá.


Funchal - Ilha da Madeira



31 de março de 2012 
A noite foi um pouco longa, pois acordei às 05:00 e não conseguia dormir. Estava balançando um pouco e tinha alguns carneirinhos no mar, e como disse o Ivan, "Quando tem carneirinho, não entre no mar". E como fazer para sair dele estando no meio e não tem para onde correr? Que loucura, rsrssr. 
Chegamos na Ilha da Madeira, aos poucos ela foi se apresentando para nós. Levantamos bem cedinho pois tínhamos que tomar o café da manhã e sair para passear.
Nossa quanta dificuldade para sair, rsrsrsr. Tomamos café, com uma linda vista de Funchal, a nossa frente. 

Compramos o passeio do "Eira do Monte Serrado + passeio de teleférico". 
Duração: 4 horas
Valor: 45 dólares

Nosso primeiro passeio foi em Eira do Serrado, antes de viajarmos pesquisamos na internet sobre esse lugar, é um dos lugares mais bonitos de Funchal. Tudo igual ao que eu tínhamos visto nas fotos.

Localizada a 25 minutos ao norte de Funchal, a Eira do Serrado é um dos lugares mais bonitos da Ilha da Madeira, com magnificas vistas sobre as montanhas. Ao descer encontrará no coração da Ilha a pequena vila do Curral das Freiras. Nesse local foi onde as Freiras se refugiavam dos piratas que atacavam frequentemente a Madeira no Século XVI.
Na Eira do Serrado
Depois de subirmos pelas pequenas e estreitas estradas, eis que fomos presenteados com esta bela vista do Curral da Freiras.                          
Olha só essa altura, hummm...que medo !!! Daqui de cima as casas ficam pequeninas.
Olha só aquela estradinha.
E vamo que vamo, para descer todo santo ajuda.

Igreja Nossa Senhora do Monte


A Igreja é do século XVIII, onde está sepultado o Imperador da Áustria.


A igreja estava lotada de fiéis. Ela é muito linda, com detalhes preciosos!!


Túmulo do Imperador da Áustria

Funchal vista de cima, deslumbrante!!!

Descida dos Cestos


Quer descer o monte com emoção? É só comprar um ticket. As descidas dos cestos foram inventadas em 1850, como meio de transporte. Eles passam cebo embaixo dos cestos e descem empurrando até a parte de baixo de Funchal, Tudo na maior adrenalina..Não descemos porque nosso pacote estava incluso a descida de teleférico. Que pena ...
Chapéu usados pelos garotos que empurram os cestos.
Os donos dos cestos ficam esperando os clientes.
Não resisti, tive que tirar uma fotinha.

Jardim Tropical Monte Palace



O jardim ocupa uma área de 70.000 metros quadrados. Muitas plantas exóticas, provenientes dos quatro cantos do mundo. Junto estão patos e cisnes, que povoam o lago central.

O Teleférico do Monte está em  funcionamento desde 2000, Tem 39 cabines. Liga a zona velha da cidade do Funchal, uma freguesia do Monte. O Percurso proporciona vistas espetaculares sobre toda a Baía do Funchal.

Horário de Funcionamento:
Aberto o ano todo, das 09:30 Às 18:00
Ultimo embarque Às 17:45 h

Preços:
Ida e Volta

- Adultos 15 €
- Crianças (7-14 anos) 7,50 euros
- Crianças (0-7 anos) Grátis

Apreciando a linda paisagem durante a descida.
Lá em baixo os navios atracados no Porto de Funchal.
Alguns telhados interessantes durante o percurso.

Descemos até um parte de baixo de Funchal, ficamos no centro para melhor aproveitarmos e também almoçarmos. 
Fomos a pé até o porto, foi uma excelente ideia, tínhamos que fazer um pouco de exercício. Passamos pelo Mercado de Funchal, pois pelas cidades que passamos gostamos de dar uma passadinha pelos mercados, para que possamos conhecer um pouco da gastronomia do lugar. 

Mercado dos Lavradores de Funchal

                               

O Mercado dos Lavradores, foi Inaugurado a 24 de Novembro de 1940.



Divinamente belas essas espécies de flores.
Grande variedade de frutas.
Próximo ao mercado fomos fazer algumas compras e degustar alguns Vinhos da Madeira.

Aqui também tem o ônibus Sightseeing, ótimo para quem tem pouco tempo na cidade. Você pode escolher o tour que quiser e pode descer quantas vezes você quiser. E também pode ser para que você conheça um pouco da cidade e depois volte nos lugares que mais gostou. Assim terá um apanhado de toda a cidade.
Loja com roupas nas cores da nossa bandeira, que legal !
 Os dois se preparando para desgustar todos os vinhos, rsrsrsr
Fila para a desgustação.
Vinhos e licores da Madeira

Eu trouxe um desses, lembrança de um dos lugares que eu mais gostei desta viagem, a Ilha da Madeira. Um dia voltarei.


GASTRONOMIA

Fomos almoçar no  Restaurante A Bica , Indicado pela nossa guia Lúcia, e que indicação ....., a comida estava maravilhosa e o atendimento nota mil. Pedimos um bacalhau. Hummmm... estava divino! Nunca comemos um bacalhau tão saboroso em nossa vida. Antes do bacalhau nos foi servido pão de alho, saboroso!. Escolhemos um excelente vinho verde para acompanhar, "Casal Garcia". Pessoas muito simpáticas, quando souberam que éramos brasileiros nos atenderam melhor ainda. Como prometido estou aqui a falar desse pequeno restaurante, porém grande em qualidade, Parabéns aos proprietários pela qualidade dos pratos servidos e pela simpatia com que fomos recebidos. Não vamos esquecer, e se voltarmos com certeza estaremos novamente aí. Indicamos para as pessoas que forem até Funchal, garantimos que não vão se arrepender.
Nossa guia Lúcia

Decoração típica da Ilha da Madeira
Cerveja de pressão
Vinho excelente !!!
Pão de alho
O Sr Bacalhau "Para comer de Joelhos"

FUNCHAL



Funchal é uma cidade moderna, cosmopolita e muito limpa. Seu clima é ameno e muito agradável.
Estando em frente ao Atlântico, contrasta como suas imponentes montanhas. Situada no sul da Ilha da Madeira, em meio de plantações de bananas e dos maravilhosos jardins floridos.
O Funchal é um dos principais Portos de Navios de Passageiros do Atlântico, seu porto situa-se junto ao centro da cidade. Grandes operadores de cruzeiros Europeus trazem até Funchal muitos turistas. Passam por aqui  navios que fazem Travessias vindos da Argentina e Brasil em direção a Europa, como é o  nosso caso.




Comidas Típicas



Cidade muito linda !!!!


Resolvemos ir andando ate o navio, tínhamos almoçado, e precisávamos andar um pouco. Levamos quase uma hora fazendo o trajeto do centro até o porto, fomos tirando fotos, por isso saíram essas fotos maravilhosas!! Chegamos às 05:00 horas, logo o navio zarpou. Agora vamos para Lisboa que  fica a uns 1000 quilômetros de Funchal




Partindo de Funchal, próxima Cidade Lisboa.


1 de abril - A Caminho de Lisboa

Às 07:30 da manhã levamos um susto com um barulho, acordamos assustados achando que alguma coisa estava acontecendo com o navio, pois até ali não tínhamos ouvido nenhum barulho diferente. Olhei pela janela e vi logo acima um enorme helicóptero. Pensamos que era alguma fiscalização da marinha costeira, pois estávamos quase chegando na Europa. Continuamos a dormir, horas depois ficamos sabendo que um senhor havia passado mal e aí chamaram a marinha para vir buscá-lo. Soubemos que o navio durante a madrugada havia voltado um bom trecho em direção a Ilha da Madeira, havia muito vento em alto mar e assim impedia do helicóptero chegar mais perto do navio. Notamos que no roteiro que sempre aparece na televisão mostrava em vermelho o trecho que o navio teve que voltar.

Dia 1 de abril de 2012 - Navegação
                                    Casais amigos Célio e Tere, Ivan e Maria Elena e nós. Logo após o Jantar


LISBOA - PORTUGAL



Brasileiros não precisam de visto de turismo para permanecer 3 meses em Portugal.
Portugal é o pais do fado, do pastel de belém, dos Manuéis, Joaquins e Marias, de Nossa Senhora de Fátima, das navegações, do Brasil. É um dos mais antigos países da Europa. Uma vantagem para nós brasileiros em Portugal, é encontrar com pessoas que falam a nossa língua. O país é pequeno, mas tem lindas paisagens..

Quando chegamos em Lisboa ainda estava escuro, foi muito linda a nossa chegada...Como as luzes ainda estavam acesas, logo na chegada vimos a Torre de Belém e passamos embaixo da Ponte 25 de Abril. A sensação de chegar em Lisboa foi emocionante!! Naquele dia fazia muito frio. Tivemos o prazer de tomar o café da manhã no navio, com uma vista estupenda de Lisboa, a nossa frente.

Símbolos de Portugal

         
Galinhos portugueses
Azulejos portugueses
Santuário de Nossa Senhora de Fátima


Lisboa

Lisboa, a capital de Portugal é uma cidade antiga e de uma beleza diferente, tem ruas calmas e estreitas, bairros interessantes como: Rossio, Bica, Belém, Lapa, Alfama, Bairro Alto, na beira do Rio Tejo estão a Torre de Belém, o Monumento dos Descobrimentos e o Mosteiro dos Jerônimos e mais acima fica o Castelo de São Jorge. Na Lapa, está uma Lisboa elegante. Tudo é muito interessante em Lisboa, o sol que reflete no Rio Tejo, os antigos bondes, Os azulejos das casas azuis e o charme da cidade.
Seu relevo é muito acidentado, repleto de ladeiras. Tem elevadores espalhados pela cidade que ajudam nos passeios. A melhor maneira de conhecer Lisboa é caminhando, por algumas ruas serem muito estreitas não passam carros ou ônibus. São muito agradáveis caminhadas por seus tradicionais bairros e passeios de bondinho.
Não deu para almoçarmos em Lisboa, mas mesmo assim vamos falar um pouco da sua gastronomia. Em Lisboa come-se muito bem pagando pouco e bebendo um excelente vinho da região. O prato típico de Portugal é o bacalhau cozido com batatas. O doce mais lisboano é o Pastel de Belém , hoooo doce dos deuses, que delícia !!!! Não tem nada a ver com os que comemos no Brasil, não existe igual. Também no mesmo lugar onde vendem os pasteizinhos de belém tem os divinos bolinhos de bacalhau, meu Deus quanto sabor.!! Nosso almoço foi patelzinho de Belém e bolinhos de bacalhau.


Fábrica dos patéis de Belém

Ir a Lisboa e não comer os pasteizinhos de Belém é como ir a Roma e não ver o Papa.
  Fila para comprar os pasteizinhos.                                      
Os pasteis são feitos todos os dias,.As filas são muito grandes para comprar os famosos pastéis. Pessoas do mundo inteiro, passam por aqui para comer os pastéis.
     Só para conferir.                                      
Uma espiadinha, curiosidade mata, rssss
É como qualquer tortinha, massa folhada, e vai dentro um creme que depois passa pelo forno, e  faz uma casquinha dourada., mas o sabor,hummm.....não tem igual. Quando me lembro saboreando ela quentinha, me dá água na boca.
O bolinho de bacalhau acaba ficando em segundo plano, mas  é delicioso !!
Hummmm ... Bem gostoso, né?
Para quem tem pouco tempo em Lisboa, aconselhamos a pegar o ônibus de turismo o Lisboa Sightseeing. Você pode subir e descer quantas vezes quiser no decorrer do dia. São várias as  Rotas a escolher. O Ônibus passará pelos principais pontos turísticos da cidade. Seu ingresso é válido por 24 horas.
Bilhete do ônibus Lisboa Sightseeing. Valor 15,00 euros para adultos e crianças 7,50.
Pode ser comprado no próprio ônibus ou no site. Uma das principais saídas é na Praça Marquês de Pombal.
Em Lisboa resolvemos fazer os passeios por nossa conta, pois a Maria Elena e o Ivan já conheciam a cidade, e então pegamos o ônibus Lisboa Sightseeing. Fomos nos acentos da parte de cima, meu Deus, quanto frioooo, uma garoa gelada, quase congelei. Logo passamos para a parte de baixo, pois eu não aguentava mais.
Tentando me agasalhar para não passar frio.
O Ivan e Maria Elena continuaram na parte de cima, pois estavam melhor agasalhados, foram mais espertos que nós.


Nosso passeios começou pelo Bairro Baixo.

Bairro Baixo onde fica a praça Dom Pedro IV ( Praça do Rossio), uma área bem comercial. A rua Augusta, só de pedestres, Onde estão os principais bancos e câmbios. É onde tem elevadores para ajudar nas subidas e descidas.
Estranha essa foto, não acham? Vou contar como foi tirada, eu estava na janela do ônibus tirando fotos, foi quando percebi que essa foto ia ficar interessante. O lado esquerdo da foto é o ônibus que tinha todo esse lado espelhado. Acabou fazendo espelhamento.



Praça Dom Pedro IV (Praça do Rossio) é um dos lugares mais interessantes de Lisboa.

Praça do Rossio, muito linda !!!!

Já foi elevador do Carmo, mas há muito que é conhecido por Elevador de Santa Justa.
Projetado pelo engenheiro de origem francesa Raul Mesnier du Ponsard, o elevador foi inaugurado a 10 de julho de 1902, desde então distinguindo-se pela sua estrutura de ferro fundido, enriquecida com trabalhos em filigrana.
Azulejos coloridos que embelezam a cidade
Os Bondinhos 
Em cada azulejo, uma riqueza de detalhes!

Bairro de Belém

O Famoso Bairro de Belém fica mais distante do centro, é onde se encontram os locais mais importantes como, a Torre de Belém o Padrão dos Descobrimentos e o Mosteiro dos Jerônimos
Continuamos o passeio pela região de Belém.


TORRE DE BELÉM

A torre de S. Vicente de Belém, é este o verdadeiro nome da Torre de Belém , em Lisboa, foi construída no Século XVI e tornou-se muito importante na época das descobertas.

Uma coisa engraçada é  que os turistas chegam perto da torre e ficam muito surpreendidos. Ela é bem menor do que imaginavam.
Em 1983, a Torre de Belém foi classificada pela UNESCO "Patrimônio Cultural de toda a humanidade". Isto faz com que muitos turistas que vem a Lisboa, queiram fazer uma visita.
Até a gente esteve aqui.

Morrendo de frio.


Padrão dos Descobrimentos

Das margens do Rio Tejo saíram  caravelas de Vasco da Gama para conquistar o mundo
Padrão do Descobrimento




Mosteiro dos Jerônimos e Praça do Império


Uma das mais importantes construções nacionais, classificada pela UNESCO como Patrimônio Mundial.
Os primeiros trabalhos de construção do  Mosteiro dos Jerônimos datam de 1501. A ideia partiu de
D. Manuel I, cinco anos antes, havia pedido a Santa Sé uma autorização para erigir um grande mosteiro à entrada de Lisboa. 
Os Monges da ordem de S. Jerônimo foram os escolhidos por D.Manuel para ocupar o mosteiro, com o objectivo de rezar pela alma do Rei e prestar assistência espiritual ao mareantes e navegadores lusitanos.
Em 1940 foram para la transferidos os corpos do poeta Luís Vaz de Camões e o Navegador Vasco da Gama.
 Praça do Império
Nos dias de hoje, o Mosteiro dos Jerônimos recebe mais de meio milhão de visitantes por ano e é um dos mais importantes monumentos do país.
Pena que a gente não pode entrar, era domingo e estava fechado.
Praça Marquês de Pombal
É uma praça muito bonita, fica numa região de grandes avenidas.





BAIRRO DE ALFAMA, A REGIÃO DO CASTELO DE SÃO JORGE

Ruas estreitas com muitas escadinhas, são características desse bairro, que é o mais tradicional de Lisboa. É onde prédios típicos alternam-se com igrejas e palácios dos séc. 7 e 18. Tem o fado mais característico em seus bares e restaurantes.
Esta imagem foto fica no Bairro de Alfama, onde está o Castelo de São Jorge, lugar muito pitorescos. ao oeste do Rossio.


A caminho do Castelo de São Jorge

Urinol? O lugar mais característico e interessante, um banheiro público, tem uma portinha embaixo.
São Jorge
Imponente, majestoso e sóbrio, dominando a cidade do cume de uma das mais altas colinas de Lisboa, o Castelo de São Jorge , É o Monumento nacional mais emblemático de Lisboa, construído na época dos visigodos. A vista de Lisboa deste lugar, é maravilhosa !!!!

Castelo de São Jorge


Imponente, majestoso e sóbrio, Dominando a Cidade do cume de uma das mais altas colinas de Lisboa, o Castelo de São Jorge , é o Monumento Nacional mais emblemático de Lisboa. Construído na Época dos visigodos. A vista de Lisboa desde esse, lugar é maravilhosa !!!! 
Áreas próximas ao Castelo.
O FMI anda por aqui.

Nosso chefe

Voltando para o Navio

Lá do alto a gente avistava o navio, mas como chegar até ele? Uauauu ....., sei lá ninguém sabia Achamos que descendo todas aquelas ladeiras íamos conseguir. Mas nos perdemos nas ruelas, o que fazer? Só restava perguntar se aquele era o caminho que nos levaria ate o porto. Perguntamos por onde ir e disseram que era por ali mesmo, que alívio. A experiência foi muito boa, só assim a gente conheceu algumas partes diferentes da cidade, que só quem está perdido consegue conhecer. Pequenas ruelas, longas escadas, escadinhas, pequenos lugares escondidinhos, ruas enfeitadas, lugares tão estreitos que cabiam só duas pessoas. Me lembrei de Veneza .... que delícia !!!!. Valeu muito a pena termos nos perdido.
Tão perto dos olhos, mas tão longe andando.
Perdidos .... Descendo ladeiras e passando por ruas enfeitadas, Experiência perfeita!
Descendo escadas ....olha só que lugar mais estreito.
Estação
Enfim chegamos ao porto. Acabaram nossas aventuras.
Cansadinho, hem ???????
Perfeita !!!!
Não podia ser melhor, lanchando e vendo essa vista maravilhosa de Lisboa.
Lanchinho da tarde.
Partindo de Lisboa
Partindo com uma certeza de que voltaremos.
Últimas imagens desta terra maravilhosa !!!!
 
Essa paisagem vai ser difícil de esquecer.


Novo destino Cádiz na Espanha

Dia 3 de abril - Navegação
Nesse dia a meia-noite começamos a passar pelo Estreito de Gibraltar. No estreito tem um grande tráfego de navios e barcos de pesca. Essa é a única passagem para o acesso do Oceano Atlântico ao Mar Mediterrâneo. Um lado fica a Espanha e do outro a África. Não conseguimos visualizá-los pois já era noite. Subimos na parte de cima do navio para ver pelo menos as luzinhas.

Passando pelo Estreito de Gibraltar





































































 















































 


































































































2 comentários:

  1. Fernanda Ida Mazzucchelli23 de agosto de 2017 07:57

    Haydee, viagem perfeita!!!! Que saudades de atravessar o Mediterraneo deslumbrando novos horizontes, topografias diversas, diferentes gastronomias, lugares lindos e passeios mágicos. Parabénas amiga - seu blog está maravilhoso!!!! Vamos cruzeirar amiga - aaaamo e sou apaixonada por cruzeiros. beijosss. Fernanda

    ResponderExcluir
  2. Obrigada amiga!!Lembro com muitas saudades essa travessia.

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search